Decorar uma casa parece tarefa fácil, mas não é. Por mais que já tenhamos tudo planejado em nossa mente, na hora surgem as dúvidas, as restrições orçamentárias, as combinações de cores e estilos… Enfim, neste artigo podemos encontrar algumas dicas sobre O QUE NÃO FAZER na hora de decorar:
1) Flores artificiais – A grande maioria das flores artificiais realmente aparentam ser de mentira. Por outro lado as flores naturais são caras, sensíveis e estragam rápido. Uma solução prática é optar por espécies de baixa manutenção plantadas em vasos. Elas ficam bonitas por boa parte do ano e, com sorte, você terá flores desabrochando na primavera.

flores artificiais lindas 1Plantas-para-interior-de-casa-Espada-de-São-Jorge

2) Estilos diferentes – Não vamos pecar pelo excesso! Uma quantidade exagerada de objetos decorativos dá uma impressão que você não reconhece seu estilo e nem mesmo o significado deles. O ideal é fazer uma seleção entre todos e selecionar quais ficarão expostos.

3) Invista nas cores – Ambientes decorados apenas com cores neutras podem ser elegantes, mas as chances de que eles sejam tediosos também aumentam. As cores certas podem transformar um ambiente e se der errado você sempre pode pintar com uma nova tonalidade por cima.

parede-da-praia-quero-essaa

4) Tamanho dos móveis – Fique atento no tamanho do mobiliário que você escolhe para a sua casa. Evite móveis grandes, porque reduz a circulação das pessoas e o cômodo tende a parecer menor. Hoje em dia há uma gama de ideias de móveis que aproveitam os espaços. Fique atento também para a quantidade de móveis e sua distribuição. Menos é melhor!

5) Móveis desconfortáveis – Antes de comprar camas, cadeiras, poltronas e sofás, tenha em mente que por mais lindos que eles sejam, serão móveis onde você deverá usar em seus momentos de relaxamento. Então faça o teste antes da compra, idealize seus momentos de descanso.

6) Tapetes – O tapete deve ter tamanho suficiente para delimitar e definir áreas dentro de um ambiente. Ele não pode ficar ilhado entre sofás, atrapalhar a movimentação de cadeiras ou tampar toda a área disponível do piso. Lembre-se, ele é um tapete, não um carpete.

7) Moda – É preciso ter muita cautela com itens que viram febre em determinada época. Em muitos casos, a moda vai passar e o objeto passa a ter uma posição ruim dentro da decoração.

8) Bagunça à vista – Desorganização pode estragar todo o trabalho que você teve para escolher móveis, acabamentos e itens para casa. Invista em organizadores, armários, estantes e espaços de armazenamento para tirar a bagunça do alcance dos olhos.

01574_02

9) Presentes – Por mais que a intenção tenha sido boa, aquele presente que você odeia e só mantém por educação não fazem nada por você. Repasse o presente, venda ou doe para a caridade. A sua casa deve ser um espaço para abrigar as coisas que você gosta e que tem a ver com você.

10) Fios – Onde há um emaranhado de fios, há uma decoração com o potencial de ser melhorada. Se o móvel não tem valor inestimável, vale providenciar uma furação para não deixar os cabos à vista. Para organizar cabos que dificilmente são acessados, compre ganchos para direcioná-los pela parede. Para cabos que são acessados ocasionalmente, organizadores disponíveis em vários materiais como plástico já amenizam o problema. Para organizar cabos acessíveis o tempo todo, organizadores de velcro dão conta do recado.
mulher-louca-com-emaranhado-dos-cabos-6189457

Fonte: http://www.forumdaconstrucao.com.br