O cimento tem ganhado cada vez mais espaço na decoração de interiores. Embora esse tipo de material já seja velho conhecido, principalmente em casas mais humildes, o cimento agora é tendência e faz o maior sucesso até mesmo nos padrões mais luxuosos.

    

 

Seja na versão queimado, em tom natural ou tingido, ele ganha forma e fama revestindo pisos, paredes e móveis. Além de proporcionar um visual mais descolado e moderno ao ambiente, ele também se destaca pelo baixo custo de investimento, além de reforçar o conceito de sustentabilidade, no qual nos interessamos cada vez mais.
Seu efeito com aparência de inacabado é ideal para quem gosta dos estilos contemporâneo e moderno de decoração, mas também combina bem com o rústico.

    

 

 

Rachaduras
A ideia do cimento queimado não é a perfeição, seu charme está justamente nas manchas e possíveis trincas que podem aparecer neste tipo de material, entretanto, o aparecimento de rachaduras maiores e mais profundas não é normal.
Para evitá-las e aumentar a durabilidade do seu piso de cimento queimado você pode:
– Usar juntas de dilatação a cada dois metros;
– Acrescentar aditivos à argamassa para aumentar a resistência do material;
– Retardar o processo de secagem do cimento usando umidificador de ambiente, resinas de base acrílica ou manta geotêxtil.

 

Acabamento e manutenção
Com o intuito de aumentar proteção à superfície do piso de cimento queimado, recomenda-se a aplicação de camada de resina acrílica à base de solvente e impermeabilizante para proteger o piso da ação da água. Já para manter o piso de cimento queimado como novo por mais tempo, o ideal é aplicar cera incolor regularmente.

Fora isso, é um material muito fácil de manter e limpar.
Aproveite a versatilidade deste material e deixe sua residência ou comércio com um visual mais clin agregando o cimento na decoração do ambiente.

 

Gostou da nossa dica? Deixe seu comentário neste post.